Águas de Matão conclui modernização do Centro de Reservação Vila Pereira

Postado por debora.ferneda em 11/jul/2019 - Sem Comentários

As melhorias vão beneficiar aproximadamente 20 mil pessoas
Após 52 horas ininterruptas de operação, a equipe técnica de Engenharia e Operações da Águas de Matão finalizou o projeto de modernização e melhorias do centro de reservação Vila Pereira, que teve início na última segunda-feira (8) e conclusão na manhã desta quarta-feira (10), dentro do prazo estipulado pelo cronograma. Nessa etapa, foi realizada a limpeza do tubo edutor, responsável pela interligação da bomba do poço ao reservatório de água.
Devido à complexidade do projeto, a concessionária disponibilizou uma equipe exclusiva e contou com o acompanhamento do técnico de Segurança do Trabalho, a fim de otimizar o tempo de execução e a qualidade dos procedimentos e assegurar o mínimo impacto e risco de incidentes aos colaboradores envolvidos e aos moradores ao entorno da unidade operacional. Além disso, o sistema operou por contingenciamento com o objetivo de atender a demanda das áreas abastecidas pelo centro de reservação.
De acordo com o coordenador de Engenharia e Operações da Águas de Matão, Rodrigo de Queiroz Silva, as intervenções realizadas já apresentaram resultados mesmo em pouco tempo de finalização e vão assegurar a eficiência do sistema e ampliar a capacidade de produção do centro de reservação.
“Pouco tempo após a conclusão das obras, já observamos o incremento de vazão de 30 mil litros de água a mais na produção deste reservatório, que passou a operar de 110 para 140 mil litros de água por hora, isso é o resultado de uma série de fatores, como empenho de uma equipe comprometida, boas condições climáticas que favoreceram a operação sem interrupções e também representa que optamos pelo método certo de projeto. Isso tudo nos deixa felizes, pois sabemos que os processos escolhidos vão promover melhorias a curto e longo prazo, beneficiando diretamente a qualidade do abastecimento de mais de 20 mil habitantes desta área”, destaca o coordenador.

Meio ambiente é celebrado em Matão com ações diferenciadas

Postado por debora.ferneda em 27/jun/2019 - Sem Comentários

No mês em que o meio ambiente figura como centro das principais discussões, a Águas de Matão amplia o debate sobre a preservação ambiental com a promoção de ações diferenciadas que despertam a atenção da sociedade para o tema. Além dos programas já implementados pela área de Responsabilidade Social, empresa esteve presente na terceira edição da Bio Matão – Semana do Meio Ambiente, promovida pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente, Saneamento e Recursos Hídricos.

No evento, a Praça Leônidas Calígula Bastia se transformou em um importante cenário aberto à população para evidenciar a importância das boas práticas de preservação e uso racional dos recursos ambientais. Entre as ações desenvolvidas, a população pôde participar do ‘Jogo do saneamento’, que consiste em um tabuleiro gigante no qual as peças são representadas pelas pessoas e as casas possuem situações que debatem os hábitos relacionados às boas práticas de utilização dos recursos hídricos, informações sobre os serviços da concessionária e dicas de preservação do meio ambiente.

Paralelo à Bio Matão, a concessionária promoveu uma sessão especial de cinema para mais de 150 alunos da Escola Municipal Infantil Sigmar José Groppa. Na atividade, os estudantes assistiram a série “As aventuras da Marigota”, que apresenta a história de uma esperta Gotonauta – simpáticos seres com forma de gota d’água – moradora da cidade aquática de Aguápolis. Com a ajuda de seus amigos e do seu cachorrinho Bisnágua, ela supera diversos desafios, sempre de uma forma antenada, sustentável e protegendo o meio ambiente dos porcalhões Zumbolhas e do ganancioso Baiacool.

As atividades para o público infantil envolveram também as crianças assistidas pelo CRAS – IV Centenário, que participaram de uma atividade com o banheiro itinerante exposto pela concessionária para demonstrar os prejuízos causados pelo descarte irregular de lixo na rede coletora de esgoto, e desta forma, conscientizar sobre o uso correto do sistema de esgotamento sanitário.

De acordo com o supervisor de Responsabilidade Social, Paulo Guerreiro, a área busca disponibilizar à população informações técnicas sobre o setor de forma diferenciada e fomentar o debate às questões ambientais. “Reconhecendo que o meio ambiente é um tema de relevância para todos, temos o cuidado de promover atividades que se adequem a todos os tipos de públicos com uma abordagem diferenciada e métodos dinâmicos. Acreditamos que esse é um caminho para criar um debate aberto, e, desta forma, conscientizar de maneira geral sobre a importância que cada um tem na preservação do meio ambiente”, esclarece o supervisor.

Modernização do Centro de Produção e Reservação BNH aumenta capacidade do poço em 20%

Postado por debora.ferneda em 07/Maio/2019 - Sem Comentários

Projeto é executado com sucesso e beneficia 12 mil pessoas

O projeto de modernização do Centro de Produção e Reservação BNH é dos um cases de sucesso da equipe técnica de Engenharia e Operações da Águas de Matão. A complexa intervenção, em um dos sistemas mais antigos da cidade, foi executada conforme o planejamento e concluída dentro do prazo programado. Para substituir todos os equipamentos, realizar sondagem das estruturas internas, fazer os estudos geológicos, montar os componentes elétricos e mecânicos foi necessário interromper a captação de água desse poço que abastece em torno de 12 mil pessoas. Durante a obra de melhoria, que teve a duração de 120 horas ininterruptas, a população dos nove bairros beneficiados pela obra foi abastecida por contingenciamento feito pelos demais poços e reservatórios do município.

Devido à complexidade do projeto, a concessionária executou um cronograma arrojado, que teve como ponto de partida a comunicação junto à comunidade para explicação da intervenção e esclarecimento de dúvidas dos procedimentos operacionais. Para isso, foram realizadas reuniões junto às comunidades e divulgação da obra por meio de folhetos, que foram distribuídos em escolas, banners, entrevistas concedidas a imprensa e postagens nas redes sociais. Além disso, a operação contou com uma equipe exclusiva, a fim de otimizar o tempo de execução, a qualidade dos procedimentos e assegurar o mínimo impacto aos moradores que são abastecidos por este sistema.

Segundo o coordenador de Engenharia e Operações da Águas de Matão, Marcos Vinícius Antunes, os procedimentos implantados vão ajudar a potencializar ainda mais a eficiência do Centro de Produção e Reservação, garantindo o acompanhamento do crescimento vegetativo para os próximos anos, além de incrementar a capacidade de produção de água em 20%.

“Finalizamos a operação com um sentimento de missão cumprida. Tudo isso só foi possível graças ao envolvimento da equipe que atuou no projeto, que nos permitiu executar as intervenções dentro do prazo sem incidentes, e também à população, por compreender a necessidade da obra, que ao longo dos anos trará benefícios diretos ao município”, conclui o coordenador.

Os procedimentos contaram com acompanhamento do técnico de Segurança do Trabalho, além de cumprir as instruções normativas instituídas pelo Programa Interage, coordenado pela área de EHS – Environment, Health and Safety da concessionária (Meio Ambiente, Saúde e Segurança).

Comunicado: Águas de Matão realiza interligação de nova adutora que abastece a área central

Postado por debora.ferneda em 20/mar/2019 - Sem Comentários

Em continuidade ao plano de melhorias e modernização da rede de abastecimento da área central, a Águas de Matão executa nesta quinta-feira, 21, uma obra de interligação do sistema, a partir das 7h30. Para a realização da atividade será necessária a interdição parcial da Avenida São Lourenço e Avenida Santo Antônio.

A obra que integra parte do projeto iniciado no último dia 10, tem como finalidade sanar definitivamente as interrupções ocorridas nas últimas semanas, em decorrência de avarias nos tubos cerâmicos. A intervenção contempla a substituíção de um trecho de 650 metros de rede adutora de água tratada por pvc, que confere maior resistência e vida útil à tubulação, com capacidade para transportar até 100 mil litros de água por hora.

O projeto de melhoria será realizado em diferentes etapas que envolvem procedimentos de sondagem prévia da rede e interligação de trechos da tubulação. Diante da complexidade e do ponto de localização da intervenção, durante a execução dos serviços, pode haver baixa pressão ou picos de desabastecimento pontual na região central e nas Vilas Mariani e Jandira.

A Águas de Matão pede a compreensão da população e enfatiza a necessidade da realização das melhorias para a regularidade do abastecimento se coloca à disposição pela sua Central de Atendimento por meio da Central de Atendimento 0800 721 6464 (para ligações de telefone fixo), (16) 3383-1982 (para ligações de telefone celular).

Relatório atesta a qualidade da água distribuída em Matão

Postado por web.aegea em 19/mar/2019 - Sem Comentários

Concessionária supera em 35% o número de análises laboratoriais obrigatórias

Insípida, inodora, incolor, potável e segura, esta é a água fornecida diariamente à população matonense, com qualidade certificada pelas 31.327 análises laboratoriais realizadas ao longo do ano de 2018, disponibilizadas online no Sistema Nacional de Vigilância e Qualidade da Água (SISAGUA) e enviadas mensalmente pela concessionária Águas de Matão ao Centro de Vigilância Sanitária, um dos principais órgãos fiscalizadores do município, bem como para a secretaria de Meio Ambiente. Nesta semana, os usuários poderão conferir os resultados e os parâmetros avaliados, que estão disponibilizados no Relatório Anual da Qualidade da Água e distribuídos à população.

O documento consiste em uma apresentação dos resultados obtidos por meio dos ensaios laboratoriais feitos pela equipe técnica da Águas de Matão, no período de janeiro a dezembro do ano passado. No total, a concessionária executou, neste intervalo, 31.327 análises laboratoriais, sendo 14.899 da rede de distribuição de água e 16.428 do reservatório, que representam a realização de 35,05% a mais do que as 23.196 análises laboratoriais exigidas pela Portaria 2.914/2011 do Ministério da Saúde.

No relatório, os usuários têm acesso a informações como os níveis de pH (que identifica se a água é ácida, neutra ou alcalina), turbidez (que reflete o grau de transparência), cor aparente (que mede o grau de coloração), flúor (adicionado para a prevenção de cárie dentária), cloro residual (utilizado no processo de desinfecção, que tem a função de eliminar agentes patogênicos causadores de doenças, tais como microrganismos), além dos parâmetros microbiológicos que avaliam a presença de coliformes totais e fecais, que indicam a existência de bactérias nocivas ou não no processo final de tratamento.

Para obter um controle de qualidade mais rigoroso, o processo de análise envolve a coleta da água nos reservatórios e nas redes de distribuição, por meio dos PCQs – Pontos de Controle Químico. Além disso, o técnico de laboratório realiza também uma verificação in loco para aferir a dosagem de cloro e flúor existentes naquele ponto a fim de efetuar eventuais ajustes.

“Trabalhamos com a premissa de aperfeiçoar continuamente nossa linha de pesquisa, para obter um controle de qualidade cada vez mais rigoroso. Para isso, além dos investimentos em tecnologia especializada, nossa equipe analítica está sempre atenta às legislações e atualizações dos métodos de estudos. Para nós, garantir a distribuição de uma água de qualidade é contribuir diretamente com a diminuição dos índices de doenças de veiculação hídrica e, desta forma, promover mais saúde e qualidade de vida à população”, explica Pedro Paulo de Oliveira, técnico de laboratório da Águas de Matão.

Os usuários podem solicitar o relatório diretamente na Loja de Atendimento ou conferir pelo site: http://www.aguasdematao.com.br/downloads/?did=21

Concessionária substitui rede de água da Rua José Gonçalves por tubulação de ferro fundido

Postado por debora.ferneda em 08/jun/2018 - Sem Comentários

Para evitar rompimentos frequentes nas redes de água que passam pela Rua José Gonçalves, a Águas de Matão vai substituir as redes atuais de PVC por tubulações de ferro fundido. A substituição acontecerá na próxima segunda-feira, 11/06, das 22 horas às 05 horas da manhã de terça-feira (12/06). Durante a realização do trabalho, os bairros Vila Pereira, Residencial Maria Cândida, Conjunto Residencial João Vital e Jardim Santa Rosa poderão ter baixa pressão de água ou desabastecimento pontual.

Segundo o engenheiro Marcos Vinicius Antunes, coordenador da Águas de Matão, as redes atuais de PVC, que necessitaram de manutenção emergencial essa semana, são antigas e estão frágeis. A substituição dará mais segurança ao sistema de abastecimento. O serviço de melhoria das redes será realizado no período da noite e na madrugada para causar o menor impacto possível aos usuários. Assim que a substituição for concluída, o abastecimento será retomado e a normalização se dará de forma gradativa.

A concessionária pede desculpas pelos transtornos temporários e reitera que está à disposição por meio da Central de Atendimento 0800 721 6464 (para ligações de telefone fixo), (16) 3383-1982 (para ligações de telefone celular) e (16) 99778-9825 (whatsapp).

 

 

Águas de Matão celebra Semana da Água com atividades de educação ambiental

Postado por debora.ferneda em 23/mar/2018 - Sem Comentários

O Dia Mundial da Água, comemorado no dia 22 de março, é uma data referência para a reflexão sobre o elemento mais importante para a vida no planeta terra: a água. Para debater o assunto, a Águas de Matão realizou, durante todo o mês, uma série de atividades de educação ambiental: exibição da série “As aventuras da Marigota” e realização do programa “Saúde Nota 10”. As atividades movimentaram estudantes de diversas idades, escolas e parceiros da concessionária.

A série “As aventura da Marigota”, desenvolvido pela produtora Nimboo’s, foi viabilizada pelo Instituto Equipav, que atualmente foi incorporado pelo Instituo Aegea, e conta com 12 episódios nos quais a Marigota, a personagem principal, se depara com problemas que ocorrem com a água e sempre pensa em uma solução. A ação tem a finalidade de proporcionar, além de lazer, desenvolvimento social, cultural e senso crítico, a importância da preservação do meio ambiente através das dicas passadas pela Marigota.

Ao proporcionar as sessões de cinema, a Águas e Matão estreita relacionamento com a comunidade, leva diversão, conhecimento e mostra a importância da preservação dos recursos hídricos e do uso correto da rede coletora de esgoto.

Com sessões nos períodos da manhã e tarde, a ação beneficiou mais de 700 crianças das Escolas Municipais de Educação Infantil Profª Iris Bocchi Marchesan (Bairro São José), Catarina Toledo Gerdes (Bairro Vila Pereira), Afonso Lemos (Bairro Bom Jesus) e Maria Amélia Ortiz Gandini (Bairro Jd. Alvorada).

Saúde Nota 10
Outra atividade que a Águas de Matão levou até os estudantes em comemoração ao Dia Mundial da Água foi “Saúde Nota 10”. O programa tem como objetivo despertar a consciência de estudantes sobre a importância da utilização de água e esgoto tratados, tanto para a saúde e bem-estar das pessoas, quanto para a preservação do ambiente. Eles aprendem, entre outras importantes lições, qual é o papel de cada um na conservação dos recursos hídricos.

A atividade foi realizada na Escola Municipal Adelino Bordignon, no bairro Nova Matão. No dia 8 de março, 120 alunos assistiram à palestra e, nas semanas seguintes, desenvolveram as redações sobre os assuntos trabalhados. A culminância da ação foi no dia 22 de março, com solenidade de encerramento.

Palestra sobre importância da água atrai estudantes do IFSP de Matão

Postado por debora.ferneda em 22/mar/2018 - Sem Comentários

Para comemorar o Dia Mundial da Água, a Águas de Matão, juntamente com as secretarias de Educação Meio Ambiente e de Saneamento e Recursos Hídricos e o IFSP – Instituto Federal São Paulo, campus Matão, a empresa promoveu um encontro com estudantes do ensino técnico. Aproximadamente 150 pessoas participaram da palestra proferida pelo secretário de Meio Ambiente, Marcos Nascimento, realizada no IFSP, e que teve como tema: “Estamos ficando sem água no planeta terra”.

Além de estudantes e professores do IFSP, também esteve presente a secretária de Educação do município, Debora Raquel da Costa Milani, que revelou que o tema água é trabalhado o ano todo nas salas de aula do município, de forma interdisciplinar e que, ainda este ano, passará a ter maior foco, com uma diretriz específica para a educação ambiental.

Vitor Hugo Ferreira, aluno do 2º ano do curso de Açúcar e Álcool, participou da palestra e, ao final, questionou de quem é a responsabilidade pelos investimentos que poderiam universalizar os serviços de água e esgoto no Brasil. O palestrante explicou que a responsabilidade recai sobre os governos federal, estadual e municipal que, de acordo com as suas políticas públicas e capacidade de investimento, podem conduzir o processo sozinhos ou concederem a empresas privadas, nos modos de privatização, concessão ou parceria público privada (PPP).

Um dos dados apresentados que despertou a atenção do público foi o índice de atendimento do município em relação às demais cidades do Brasil. Enquanto Matão universalizou a infraestrutura de saneamento, dos 5.565 municípios brasileiros, apenas 45% possuem abastecimento satisfatório, e 48,6 têm acesso à coleta de esgoto, ou seja, mais de cem milhões de brasileiros ainda convivem com esgoto sem ser coletado e tratado. “Precisamos mais de políticas públicas de saneamento. Como estudante e cidadão, gosto de discutir o tema e de ser um multiplicador do consumo consciente”, completa Vitor Ferreira.