Notícias

Ver notícia

A pedido do prefeito Chico Dumont, a concessionária Águas de Matão elaborou proposta para implantar uma nova Tarifa Social na cidade. O objetivo é alterar os critérios vigentes atualmente de forma a ampliar o número de clientes que poderão ser beneficiados com descontos de até 50% na tarifa de água.

 

A proposta passa por redação final na Prefeitura e será implantada nas próximas semanas. Entretanto, os clientes que comprovadamente não têm condições financeiras para pagar a tarifa mínima de R$ 43,20, vigente deste 1º de fevereiro, já podem procurar a Loja de Atendimento da concessionária e se inscrever para uma entrevista socioeconômica.

 

Os estudos para a nova Tarifa Social foram apresentados nesta quarta-feira, dia 10, durante reunião realizada no auditório da Associação Comercial a convite do presidente da Câmara Municipal, Sandro Trench, com a presença dos vereadores Aparecido do Carmo de Souza (Cidinho), Carla Kamel, José Aparecido Ferreira dos Santos (Cido Motos), José Amarante, Ednaldo Leão da Rocha (Nau), Valter Luiz Trevizaneli e Sidnei Calabres (China). A reunião foi aberta à população.

 

Durante o encontro, Jorge Amin e Josélio Raymundo, diretor presidente e diretor executivo da Águas de Matão, respectivamente, apresentaram todas as obras e serviços executados em 2014, detalharam os R$ 37 milhões investidos ao longo deste primeiro ano de concessão, e explicaram a nova composição da tarifa em Matão, bem como todas as leis que embasam as mudanças em vigor desde o dia 1º. Os diretores também responderam perguntas de clientes presentes à reunião e de vereadores.

 

Eles explicaram, entre outras informações, a importância da tarifa social para quem realmente não tem condições de pagar a nova conta. “A tarifa mínima é necessária para custear a manutenção do sistema e evitar problemas de desabastecimento no futuro. Sabemos que essa mudança representa um impacto importante, por isso para contemplar os clientes de baixa renda estamos aprimorando a Tarifa Social”, reiterou Jorge Amin.

 

Hoje, para ser beneficiado com a Tarifa Social o cliente precisa, entre outros critérios, comprovar renda per capita de até R$ 120. A nova proposta eleva a renda para um salário mínimo e prevê de descontos de 25% a 50% na conta de água, dependendo da faixa de consumo, que pode variar de 10 a 15 metros cúbicos por mês.

 

Compartilhar:

Veja Também

Esgotamento Sanitário Saiba mais
Esgotamento Sanitário

A Águas de Matão trabalha 24h por dia para ampliar e melhorar o saneamento em Matão.

Legislação e Tarifas Saiba mais
Legislação e Tarifas

Os serviços de abastecimento de água e esgotamento sanitário implicam em custos e investimentos permanentes.

Contato Saiba mais
Contato

A Águas de Matão oferece um canal de comunicação eficiente. Entre em contato conosco.

Responsabilidade Social Saiba mais
Responsabilidade Social

A atuação social e ambientalmente responsável faz parte da nossa história e do nosso propósito.