Notícias

Ver notícia

Parceria entre Águas de Matão e Secretaria do Meio Ambiente possibilitaram a entrega dos coletores

Você sabia que o óleo de cozinha usado, aquele que sobrou de alguma fritura ou do preparo de uma receita, tem destino correto? Sim, e não é no ralo da pia, muito menos no vaso sanitário. Para conscientizar a população sobre o descarte correto de óleo de cozinha usado, a Águas de Matão desenvolve o programa De Olho no Óleo, realizado pela área de Responsabilidade Social. Para facilitar a o descarte desse óleo, a concessionária entregou à Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável 20 coletores de óleo. Na terça-feira (14), os coletores foram distribuídos pela pasta em escolas da cidade.

Participaram da entrega o secretário de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável de Matão, Luiz Gonzaga Bussola, a diretora de Meio Ambiente, Maria Ourique Bellintani de Carvalho, e Michela, gerente do Ensino Fundamental II e Médio. Receberam os coletores as escolas E.M. Adelino Bordignon, EMEF. Prof. Antonio Carlos Manzini, EMEF. Benta Maria Ragassi Scutti – CAIC, EMEF. Pref. Celso de Barros Perche – CAJU e EMEF. Profª. Helena Borsetti.

“Infelizmente ainda é muito comum o descarte de óleo usado no ralo da pia. Além disso, existe o entendimento de que, ao misturar o óleo com detergente ou água fervida, a gordura é reduzida. Isso é um equívoco, pois a reação ‘desengordurante é apenas aparente e superficial”, explicou a diretora presidente da Águas de Matão, Silvia Leticia Tesseroli. Segundo ela, os coletores são preparados para receber o óleo usado, disposto em garrafas pet.

O secretário de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável de Matão, Luiz Gonzaga Bussola, disse que toda ação realizada em favor do meio ambiente é muito bem-vinda. “Nós ficamos muito gratos com essa parceria porque esse projeto (De Olho no Óleo) trata de sustentabilidade. Nós não podemos nos cansar de falar sobre esse tema em todos os lugares, todos os dias. Só assim conseguiremos conscientizar a população sobre o quanto é importante cuidarmos do meio ambiente”, afirmou Bussola. O secretário disse ainda que o óleo coletado será destinado ao IFSP de Matão, como material para o curso de Biocombustíveis.

Nesse sentido, Silvia comentou sobre os programas realizados pela Responsabilidade Social da Águas de Matão no sentido de trabalhar todas essas questões junto à população. A diretora presidente lembrou ainda que um litro de óleo descartado na natureza pode contaminar até 20 mil litros de água, segundo dados do Trata Brasil.

 

 

 

Compartilhar:

Veja Também

Política de Sustentabilidade Saiba mais
Política de Sustentabilidade

Respeito ao meio ambiente e as pessoas, contribuindo para qualidade de vida e saúde da população onde atuamos.

Contato Saiba mais
Contato

A Águas de Matão oferece um canal de comunicação eficiente. Entre em contato conosco.

Politica de Inv. Social Privado Saiba mais
Politica de Inv. Social Privado

Uma concessão é muito mais que um acordo com o poder público, é um compromisso com o lugar e com sua gente.

Água Saiba mais
Água

Antes de chegar às torneiras, a água percorre um longo caminho pelo sistema de abastecimento da Águas de Matão.