Notícias

Ver notícia

Autoridades, especialistas, colaboradores e representantes de organizações sociais participaram do evento Matão Rede 100% que marcou a entrega do pacote de obras para universalização do tratamento de esgoto na cidade. Entre os dados divulgados durante o evento o presidente da Águas de Matão, Jorge Amin, revelou que a concessionária já investiu R$ 37 milhões desde que assumiu os serviços na cidade, em fevereiro de 2014.

 

“Esse é um dia especial para nossa empresa e para o município de Matão. Me sinto honrado por estar aqui representando a Águas de Matão, uma empresa que não mediu esforços para entregar todos os compromissos assumidos, perante a sociedade matonense, há quase um ano”, disse o presidente. Entre os investimentos apresentados pelo diretor executivo da concessionária Josélio Raymundo, Amin destacou em seu discurso a antecipação de obras importantes, como a interligação de seis sistemas de abastecimento, a implantação da Central de Atendimento 0800, Loja de Atendimento e o Centro de Controle de Operações.

 

“Estamos aqui, hoje, comemorando a universalização do tratamento do esgoto com a entrega da ETE São Lourenço do Turvo, duas estações elevatórias em Silvânia, uma no Turvo e as linhas de recalque. É com muita satisfação que fazemos este ato, pois os investimentos que fizemos já significam uma importante contribuição para a preservação do meio ambiente e qualidade de vida da população. Tudo isso só foi possível porque, por trás de todas as decisões tomadas, tivemos o privilégio de contar com uma equipe de profissionais competente e engajada com a missão da nossa empresa”, afirmou.

 

Para o prefeito Chico Dumont, o ato marca um momento histórico para todas as pessoas que vivem em Matão e todas as realizações do último ano são resultado de um longo e difícil diálogo com a sociedade iniciado ainda na gestão de Adauto Scardoelli. “Enfrentamos todas as críticas naquele momento e ainda hoje enfrentamos. Mas temos a convicção que fizemos tudo baseado no interesse público e no compromisso de tornar o nosso município cada vez melhor”, afirmou,

 

Também presente ao evento, a deputada eleita Márcia Lia destacou as obras entregues pela concessionária como um privilégio para a população que passa a contar com 100% de esgoto coletado e tratado. “Fico muito feliz porque a população terá mais qualidade de vida e todos nós sabemos que esgoto tratado significa saúde”.   Da mesma forma o presidente da Câmara Municipal, Sandro Trench, ressaltou que tem acompanhado de perto o trabalho desenvolvido pela concessionária e afirmou que a tecnologia e conhecimento que a Águas de Matão trouxe para o município coloca a cidade em uma posição privilegiada entre as cidades brasileiras.

 

Debate – Mediado pela jornalista Maria Cristina Poli, o debate realizado durante o evento teve como principal objetivo discutir o panorama do saneamento no Brasil, a partir dos dados apresentados pelo Instituto Brasil; as ações adotadas em Matão antes e depois da concessão e também abordar o papel de cada um na busca de alternativas para a crise hídrica que preocupa o país, sobretudo o Estado de São Paulo.

 

Participaram do debate o prefeito, o diretor presidente da Águas de Matão, o secretário municipal de Planejamento Ademir de Souza, o presidente do Instituto Trata Brasil Edison Carlos, o secretário executivo do Consórcio PCJ Francisco Laroz, e a gerente de Operações da CMS (Companhia Matonense de Saneamento) Neusa Monteira.

 

Ponto de consenso entre os debatedores é que o país precisa investir intensamente em educação para reverter a cultura existente atualmente em relação a água e conceituar o saneamento como investimento e não custo. “Nossas escolas ainda ensinam como ensinavam há 50 anos, por isso continuamos criando adultos irresponsáveis no uso da água. Não podemos continuar incutindo na cabeça de nossas crianças que a água está disponível na torneira a hora que quisermos”, avaliou Edison Carlos, presidente do Trata Brasil.

 

Laroz, por sua vez, destacou a cidade de Matão com um exemplo a ser seguido por outras cidades. “A água é um bem finito e tem um imenso valor. Por tudo o que vimos hoje pudemos perceber que a Águas de Matão e a Prefeitura têm consciência disso e só temos a parabeniza-los por todas as iniciativas já adotadas na cidade”, concluiu.

Números do saneamento

 

 

  • 35 milhões de brasileiros não têm acesso à água tratada

 

  • 102 milhões não têm coleta de esgoto

 

  • Somente 38% do esgoto gerado no país é tratado

 

  • 6 milhões de brasileiros não têm acesso a banheiro

 (Fonte: Instituto Trata Brasil)

Compartilhar:

Veja Também

Notícias Saiba mais
Notícias

Confira as últimas notícias da Águas de Matão e saiba mais sobre abastecimento, obras, programas e projetos.

Responsabilidade Social Saiba mais
Responsabilidade Social

A atuação social e ambientalmente responsável faz parte da nossa história e do nosso propósito.

Politica de Inv. Social Privado Saiba mais
Politica de Inv. Social Privado

Uma concessão é muito mais que um acordo com o poder público, é um compromisso com o lugar e com sua gente.

Esgotamento Sanitário Saiba mais
Esgotamento Sanitário

A Águas de Matão trabalha 24h por dia para ampliar e melhorar o saneamento em Matão.