Abordar o saneamento de forma lúdica tem sido a proposta apresentada pelo Programa Saúde Nota 10 em Matão (SP). Um dos resultados desse trabalho diferenciado foi concretizado com o lançamento de uma coletânea que reúne uma seleção de redações e desenhos produzidos no período de 2014 a 2019, pelos estudantes das instituições de ensino público do município.
A “Coletânea Saúde Nota 10 – Água potável e esgoto tratado: saúde e qualidade de vida”, foi idealizada pela área de Responsabilidade Social e tem como o objetivo de apresentar a ótica de crianças e adolescentes, sobre saneamento, saúde e sustentabilidade. A apresentação e o lançamento oficial do livro aconteceram em uma noite de autógrafos, que possibilitou aos alunos a oportunidade de assinar os exemplares e presentear os familiares, amigos com a obra.
Segundo a coordenadora de Responsabilidade Social, Maria Aparecida Draheim, a ideia do projeto surgiu como uma forma de prestigiar os alunos participantes das ações, que se dispuseram a contribuir e apresentar seu ponto de vista sobre o tema.
“Para nós, ter o livro em mãos com todos os trabalhos selecionados, é motivo de muito orgulho e satisfação. Ter a oportunidade de desenvolver um projeto desse porte no município e apresentar essas lições de prevenção do meio ambiente que os estudantes nos trazem, é um momento ímpar e nos reforça a importância que o saneamento que tem para a vida de todo ser humano”, enfatiza a coordenadora.
O outro lado da conscientização 
A aluna Gabrieli Correa de Prinsipe, participante do projeto e autora de uma das redações que compõem a coletânea, explica o contexto geral em que baseou o seu projeto.
“A minha redação fala sobre o saneamento básico e como as coisas podem se complicar, se não tratarmos a água como um bem finito, principalmente agora que as pessoas estão começando a dar valor”, demonstra a estudante.
De acordo com o coordenador pedagógico da Secretaria de Educação de Matão, Caio Cesar Rodrigues, as ações desenvolvidas possibilitaram aos estudantes experiências que foram além da parte teórica, envolvendo também a esfera artística.
“É muito importante esse tema tão atual estar nas escolas, por que trata diretamente de sustentabilidade, meio ambiente e recursos naturais. Com esse trabalho os alunos puderam escrever, ler e se expressar sobre tudo o que aprenderam ao longo do projeto”, ressalta Rodrigues.
Para Grasiela Cabrio dos Santos Oliveira, diretora de Ensino, Região Araraquara, a iniciativa representa uma união bem-sucedida entre duas instituições atuando em busca de um propósito em comum.
“Essa é a primeira vez que vejo uma empresa trabalhar constantemente temas que estão relacionados a preservação do meio ambiente, além de disponibilizar um material específico para os alunos consultarem e, desta forma, incentivar a leitura. O resultado demonstrado com a entrega desse livro, representa um trabalho sério realizado pela união de duas instituições: a pública e a privada, em busca de uma educação de qualidade”, destaca a coordenadora.
Share Button