Projeto é executado com sucesso e beneficia 12 mil pessoas

O projeto de modernização do Centro de Produção e Reservação BNH é dos um cases de sucesso da equipe técnica de Engenharia e Operações da Águas de Matão. A complexa intervenção, em um dos sistemas mais antigos da cidade, foi executada conforme o planejamento e concluída dentro do prazo programado. Para substituir todos os equipamentos, realizar sondagem das estruturas internas, fazer os estudos geológicos, montar os componentes elétricos e mecânicos foi necessário interromper a captação de água desse poço que abastece em torno de 12 mil pessoas. Durante a obra de melhoria, que teve a duração de 120 horas ininterruptas, a população dos nove bairros beneficiados pela obra foi abastecida por contingenciamento feito pelos demais poços e reservatórios do município.

Devido à complexidade do projeto, a concessionária executou um cronograma arrojado, que teve como ponto de partida a comunicação junto à comunidade para explicação da intervenção e esclarecimento de dúvidas dos procedimentos operacionais. Para isso, foram realizadas reuniões junto às comunidades e divulgação da obra por meio de folhetos, que foram distribuídos em escolas, banners, entrevistas concedidas a imprensa e postagens nas redes sociais. Além disso, a operação contou com uma equipe exclusiva, a fim de otimizar o tempo de execução, a qualidade dos procedimentos e assegurar o mínimo impacto aos moradores que são abastecidos por este sistema.

Segundo o coordenador de Engenharia e Operações da Águas de Matão, Marcos Vinícius Antunes, os procedimentos implantados vão ajudar a potencializar ainda mais a eficiência do Centro de Produção e Reservação, garantindo o acompanhamento do crescimento vegetativo para os próximos anos, além de incrementar a capacidade de produção de água em 20%.

“Finalizamos a operação com um sentimento de missão cumprida. Tudo isso só foi possível graças ao envolvimento da equipe que atuou no projeto, que nos permitiu executar as intervenções dentro do prazo sem incidentes, e também à população, por compreender a necessidade da obra, que ao longo dos anos trará benefícios diretos ao município”, conclui o coordenador.

Os procedimentos contaram com acompanhamento do técnico de Segurança do Trabalho, além de cumprir as instruções normativas instituídas pelo Programa Interage, coordenado pela área de EHS – Environment, Health and Safety da concessionária (Meio Ambiente, Saúde e Segurança).

Share Button