A empresa Águas de Matão assume a concessão plena do serviço de saneamento básico do município tendo como meta principal eliminar a frequente falta d´água na cidade. Os desafios incluem também a redução do índice de perda na rede – hoje estimado em 50%, e a melhoria significativa da qualidade da água que chega à casa do matonense.  Transição da Caema (Companhia de Água e Esgoto de Matão) para a concessionária terá duração de até 90 dias.

O contrato de concessão, assinado entre a Águas de Matão e o município após licitação, tem vigência de 30 anos e prevê a prestação dos serviços de captação, tratamento, adução e distribuição de água potável, bem como a atuação na coleta, afastamento, interceptação, tratamento e disposição final de esgotos sanitários, além do atendimento ao público. A gestão do sistema de esgoto será compartilhada com a Companhia Matonense de Saneamento (CMS), que ficará responsável pelo tratamento do esgoto.

A transição da Caema para a Águas de Matão, iniciada oficialmente em 14 de fevereiro, terá duração de até 90 dias. Já foi possível identificar nesse começo de atividade várias possibilidades de melhoria no sistema de abastecimento de água. Será iniciado, entre outras ações, um trabalho de setorização para conferir mais eficiência na distribuição e está prevista também a instalação de válvulas redutoras para sanar o problema de alta pressão na rede e, consequentemente, os pontos de vazamento.

Share Button